Como Detectar Mentiras – Linguagem Corporal

Junte-se a mais de 45 mil pessoas.

Entre para nossa lista e receba conteúdos
exclusivos e com prioridade

O que ninguém te falou sobre as mentiras que contamos.

Detectar mentiras, qual a verdade em torno dessa questão? Será que a mentira é  para prejudicar a outra pessoa? Aliás, será que todos nós mentimos? Dá para detectar mentiras por meio da linguagem corporal?

Bom, esse é o assunto que mais desperta curiosos e faz com que muitas pessoas tenham o interesse em adentrar no universo da linguagem corporal.

Mas afinal de contas, até que ponto a mentira é ruim ou boa? Será que detectar mentiras se trata apenas de mais uma mentira?

Nesse post, selecionei os nove principais motivadores que fazem com que um parente, colega de trabalho, seu amigo ou até mesmo você, minta. Sim, todos nós mentimos! E irei revelar se dá ou não, para detectar mentiras.

2 Tipos de mentiras existentes

  1. Mentiras fabricadas, são aquelas que acrescentamos uma nova informação. Algo que não existe.
  2.  Omissões, aquelas que deixamos uma informação muito importante, reveladora, de lado, propositalmente.

Por trás de cada mentira há uma motivação, ninguém conta uma apenas por contar, sempre há uma intenção.

Segundo os estudos feitos por Paul Ekman, Bella de Paulo, Aldert Vrij, Pamela Meyer e Dan Ariely, que são os pesquisadores que eu acompanho nesse tema, os motivos que levam uma pessoa a mentir, são os mais variados possíveis. Como mencionei no início, aqui daremos foco em apenas 9.

Motivos pelos quais mentimos:

Você não conseguirá detectar mentiras se não souber onde procurá-las e os motivos pelos quais as pessoas mentem.

Existem alguns motivadores que levam algumas pessoas a mentirem. Para detectá-las, esteja atento aos motivadores envolvidos durante a conversa.

Aqui listei 9 motivadores, que estão relacionados às mentiras segundo os autores citados no texto.

1º Evitar Punição

“Menino, já escovou os dentes?” “Já sim mãe, já sim…”

As mentiras relacionadas a evitar uma punição, pois sabe-se que haverá uma consequência negativa, caso não se cumpra aquilo que lhe foi ordenado.

2º Ser Recompensado

“Se você já fez seu dever de casa, então pode ir brincar com seus amigos.”
Esse tipo de mentira é a clássica maneira de roubar a ideia do colega de trabalho, para levar todo reconhecimento sobre algo, que talvez ele nem tenha participado ativamente.

3º Proteger quem amamos

“Olha, sinceramente não acredito que ele fez isso com você. Acredito que há algum engano no meio disso tudo.”
Essa é aquela onde tentamos encobrir algo de errado, para ajudar quem queremos bem, mesmo que essa pessoa tenha feito algo errado.

4º Autopreservação

“De quem é esse apartamento?”  “Eu não sei de nada!”
Quando buscamos pela autopreservação, negamos algo, mesmo com todas as evidências apontadas para nós.

5º Ser admirado

“Era para eu ser promovido, mas como a prioridade no momento são outras coisas, preferi abrir mão da disputa.”
É a típica mentira relacionada a vaidade. A famosa mentira chamada de marketing pessoal.

6º Livrar-se de uma saia justa

“Por que você não me disse que iria comparecer a confraternização?” “Então… é que decidi agora, em cima da hora, por isso resolvi vir. Eu já ia te ligar, mas você chegou antes de mim.”

7º Evitar Constrangimentos

“Cara, é que esqueci minha carteira bem em cima da mesa. Será que você pode pagar aqui e eu acerto com você depois?”

8º Manter a privacidade

Telemarketing: Alô, é da casa do Pedro? Ele se encontra?
Pedro: O Pedro viajou e não tem previsão de quando volta.

9º Poder

“No momento estou em meio a uma viagem internacional com alguns acionistas que estão interessados no meu projeto. Quando voltar, talvez possamos conversar melhor sobre sua proposta.”

Consigo detectar mentiras?

Você já deve ter assistido o seriado Lie to me, se ainda não assistiu, sugiro que veja o quanto antes.

Lie to me é uma série que surgiu no Brasil, no canal Fox em 2011. O seriado se passa no ambiente policial, onde um especialista em linguagem corporal, desvenda todos os tipos de crimes e detecta mentiras com facilidade surpreendente.

A série possui base científica, porém, série é entretenimento, passatempo e não pode ser levado a sério em toda sua totalidade.

O seriado foi inspirado no Dr Paul Ekman, o responsável por desenvolver o FACS – Facial Action Coding System, metodologia científica que possibilita detectar emoções por meio de movimentos musculares na face.

Em Lie to me, Dr Carl Lightman é a versão caricata e arrojada do Dr Paul Ekman, com um faro para detectar mentiras por meio da observação.

Será que dá pra ficar igual ao Carl Lightman? Dá para descobrir quando mentem para mim? E se eu conseguir saber quando estão tentando me enrolar?

Detectar mentiras não é tão fácil nem tão simples, mas é possível detectar incongruências emocionais entre fala e comportamentos.

Como Detectar Mentiras

Para detectar mentiras, é preciso primeiramente entender de:

  • Contexto – em que se encontra ou acontece a história que está sendo investigada.
  • Congruência – se há ou não ligação entre o que se fala, com o comportamento.
  • Base Line – o comportamento natural da pessoa e as alterações que podem haver.

E uma série de combinações, que devem ser feitas e observadas as respostas verbais e não verbais da pessoa que está sendo analisada.

Toda mentira tem um ponto de interesse envolvido, esse ponto de interesse são os motivadores aqui abordados.

O ponto de interesse ou os pontos, podem surgir dentro de um espaço de tempo chamado 7 Golds. Que é a junção de expressões não verbais com verbais, em 7 segundos contínuos.

Por exemplo:

Imagine uma situação comercial. Você chega para o vendedor na loja e pergunta:

– Esse computador realmente é bom?
O vendedor responde:
– Sim, é ótimo!

Mas o comportamento do vendedor nesse espaço de até 7 segundos, é assim:

  • Sim, é ótimo, sendo dito gaguejado;
  • Uma expressão de nojo ao falar do computador, surge na face;
  • Diminui o pitch vocal, baixando o tom da voz;
  • Dá um passo para trás e adquire uma postura fechada;
  • Começa a suar;
  • Passa as mãos no cabelo ou na face, talvez arruma a camiseta.

(Lembre-se: é apenas uma ilustração, os comportamentos aqui apresentados. Em situação normal pode ocorrer de diversas maneiras)

A questão aqui é mais profunda: O vendedor não demonstra congruência com sua afirmação, portanto é algo que merece ser analisado e a decisão repensada, para não se decepcionar depois.

É difícil aprender Linguagem Corporal?

Sim, é! Se você comprar livros e não ler e não fizer cursos. Daí se torna muito, mas muito difícil de aprender.

Agora se você for interessado e curioso e, reconhece que precisa buscar melhorar e desenvolver habilidades que farão toda diferença na sua vida, é algo muito fácil e prazeroso.

Você pode aprender esse conteúdo e inserir dentro de sua área de atuação, seja ela qual for.

Por esse motivo desenvolvi um curso 100% prático chamado O Corpo Fala onde você poderá desenvolver suas habilidades na Linguagem Corporal e Micro Expressões faciais, como nenhum outro curso faz.

Acesse o site e conheça esse super curso: http://ocorpofala.com.br

Facebook
Google+
LinkedIn
WhatsApp

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Junte-se a mais de 60.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

© 2019 · Linguagem das emoções. Todos os Direitos Reservados.

Conheça o método 100% Prático que te ensina ler qualquer pessoa por meio de análise de Micro Expressões Faciais e Linguagem Corporal.
Como Seria Sua Vida Se Pudesse Ler Pessoas?
Quero Conhecer
Get 40% OFF
Join our newsletter and get 40% off your next purchase
Subscribe Now