FACS, o que é e para que serve

Tempo de leitura: 2 minutos

FACS, o que é

Facial Action Coding System (FACS), é uma metodologia científica criada pelo Dr. Paul EkmanWallace Friesen, no ano de 1978, para que pudessem descrever as expressões faciais humanas. Por se tratar de um processo anatômico, ele possibilita observar os movimentos faciais.

O que são os Actions Units

Actions Units, são as Unidades de Ações, que tem como sigla o famoso AU.

As Unidades de Ações são independentes de quaisquer interpretações, podendo ser utilizadas em conjunto, o que possibilita na composição do reconhecimento facial, indo do básico às mais complexas, onde se torna necessário a utilização de softwares avançados para esse trabalho de identificação.

FACS - Facial Action Coding System

O FACS passou por uma reformulação e para melhor compreender os movimentos, foi introduzido outras 58 códigos que podem ser classificados em:

  • 42 AUs
  • 7 ADs – Action Descriptors
  • 41 MVs – Movements (Head Movements, HMs, Eye Movements, EMs, e Tongue Movements, TMs)
  • 9 GBs – Gross Behavior Codes
  • 5 VCs – Visibility Codes

FACS na tecnologia

Desde sua criação, essa metodologia científica vem sendo aprimorada e implementada em tecnologias para que possa ajudar profissionais de diferentes áreas, a obterem a máxima precisão possível ao fazer a leitura das micro expressões faciais, já que ele permite que qualquer expressão possa ser identificada por fazer o isolamento das unidades de ação muscular. De maneira simples de compreender, o que esse sistema permite é a leitura das micro expressões faciais com a utilização de códigos (Actions UnitsAU).

Foi por meio da codificação facial que possibilitou aos animadores de filmes e desenhos, produtores de jogos, câmeras de segurança, interrogatórios policiais, inserção do reconhecimento facial nos Iphones X e outros tipos de tecnologias que são utilizados, poder fazer pesquisa e melhorar a experiência do público.

Como aprender FACS

Apesar do FACS ser um sistema descritivo do movimento muscular, ou seja, aquele que descreve com exatidão os movimentos dos músculos da face, o processo de interpretação deve caminhar sempre junto, ao fazer essas leituras.

 Seu aprendizado não é tão difícil quanto parece, como sempre digo. As pessoas tendem a complicar aquilo que pode ser simplificado por dar a elas o “ar” de sofisticação acima da média.

O próprio Dr. Ekman explica que se uma pessoa dividir as 100 horas de estudos recomendadas em cerca de 1 a 2 horas por dia, fica mais fácil de aprender as informações sem ficar sobrecarregado.

Desenvolvemos um artigo que é o Guia Definitivo para aprender Micro Expressões para os que se interessarem em aprender mais sobre esse fantástico universo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *