Lie to me, Verdade ou Mentira?

Tempo de leitura: 5 minutos

Lie to me, Verdade Ou Mentira?

Lie to me, Verdade Ou Mentira? Se você já assistiu o seriado, com certeza em algum momento pensou: Mas será mesmo que dá pra fazer isso que esse especialista faz?

Lie to me

Antes de dar essa resposta vamos pontuar algumas informações que são de cunho importantíssimo para quem se interessa pelo assunto, uma vez que você assistiu o seriado e passou a buscar informações sobre o que é fantasia e o que é realidade, então é sinal que tem uma pulga atrás da orelha te incomodando em buscar pela verdade.

Muito antes de Lie to me

A linguagem corporal é uma ciência que passou a ser estudada em 1872 pelo naturalista Charles Robert Darwin, mais conhecido como Charles Darwin em seu livro [amazon_textlink asin=’853591398X’ text=’A Expressão e as Emoções Nos Homens e nos Animais.’ template=’ProductLink’ store=’coach0b3-20′ marketplace=’BR’ link_id=’a7ef883a-2b5f-11e7-964f-6d7e15c3dc31′] A ideia desse livro era justamente mostrar a forma de como os animais racionais e irracionais expressam suas emoções.

Charles Darwin

Mais tarde, quase 100 anos depois, outro britânico, o biólogo Desmond Morris, conhecido mundialmente pelos trabalhos de zoólogo e teólogo, publicou uma série de livros mostrando a relação dos homens e dos animais, o que veio a reforçar a teoria de Darwin do ponto zoológico, que gerou muitas controvérsias, mas são conhecidíssimos nos meios acadêmicos do mundo todo.

Desmond Morris

“Nosso Corpo é a Tela Onde Nossas Emoções São Projetadas.”

A Inspiração

O que esses dois cidadãos britânicos fizeram foi o que o Dr. Paul Ekman, considerado um dos 100 maiores psicólogos do século XX, fez de uma maneira um pouco mais próxima de nossa compreensão. Mostrou que as emoções são inerentes a todo ser humano  e que existem relações de sentimentos dos homens e animais, e ambos são expressados de maneiras semelhantes.

Paul Ekman

Ekman foi até uma tribo indígena na Papua Nova Guinea  e fez pesquisas com os indígenas locais para mostrar as relações entre homens da civilização e indígenas que nunca haviam tido contato com a civilização.

A ideia por trás de suas pesquisas, era simplesmente mostrar que todas emoções são inerentes a todo ser humano. Um brasileiro emite as mesmas expressões quando sente emoções semelhantes a uma pessoa que vive na Ásia, Oriente Médio, África e qualquer outro canto do planeta.

Isso quer dizer que se você conhece um deficiente visual congênito que nunca enxergou em toda sua vida, as emoções dele são expressadas da mesma maneira que uma pessoa que sempre enxergou, emitindo os mesmos sinais na face, rugas e expressões.

O Dr. Ekman ainda conseguiu mostrar durante seus estudos, que através dessas emoções é possível identificar possíveis intenções e reações de uma pessoa acerca de um acontecimento. Ou seja, é possível descobrir quando alguém mente e quando esse alguém está dizendo a verdade por meio de uma junção de sinais faciais e corporais.

Na série que ficou famosa em todos os países que foi transmitida, durante os 48 episódios apresentados divididos em suas três temporadas, o personagem principal, Dr. Carl Ligthman é uma versão caricata do Dr. Ekman. Nas tramas apresentadas no episódio, o personagem investiga e resolve casos somente fazendo análises de suspeitos, o que ainda é uma ficção, mas com o avanço da tecnologia, está bem próximo de se tornar realidade, uma vez que depende também de meios jurídicos entre outros fatores que não vem ao caso nessa postagem.

Tudo que o Dr. Carl Ligthman faz durante os episódios, de certa forma é real, pois é possível sim, identificar e analisar uma pessoa através do seu corpo e suas expressões faciais. Mas o que não é real é a maneira e a velocidade como tudo aquilo acontece, o que sempre explico em meus treinamentos e palestras que ministro pelo Brasil. Aquilo ainda é CINEMA e CINEMA você faz 1 ano passar em 1 segundo se quiser.

Talvez você ainda não saiba, mas o próprio seriado quando foi ao ar, passou por uma série de consultorias do Dr. Ekman, para que as análises fossem o mais próximo possível da realidade.

Então respondendo sua dúvida, sim, Lie to me é real quando se trata de análises, mas essas análises devem ser estudadas, pois existem ainda diversos fatores que podem influenciar, como a cultura de cada lugar e diversos contextos que podem fazer com que uma pessoa se comporte de maneiras diferentes.

Referências sobre Lie to me

Quem é Charles Darwin: Wikipedia

Quem é Desmond Morris: Página Sobre Desmond ou Wikipedia

Quem é Paul Ekman: Página oficial

Quer aprender Sobre Linguagem Corporal?

Você pode aprender mais sobre a Linguagem Corporal de forma muito mais ampla do que possa imaginar. Sabe como? No Maior Workshop online já produzido, onde especialistas de 10 países em diversas áreas, ensinarão como a Linguagem Corporal pode te beneficiar.

CLIQUE AQUI e Garanta Sua Inscrição!

Livros Recomendados:

[amazon_link asins=’B00EW5YPEQ,0385334303,B0031Y9DQE,B004TI9E24,8572329854,853591398X,8563066420′ template=’ProductCarousel’ store=’coach0b3-20′ marketplace=’BR’ link_id=’755e0464-2b60-11e7-ae5b-9bf6170c952c’]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *