Linguagem Corporal, porque ela é tão importante

Tempo de leitura: 12 minutos

Linguagem Corporal e Micro Expressões Faciais, juntos formam o que chamo de Inteligência Não Verbal, é um conteúdo que fascina a maioria, mas ainda assim se perguntam, pra que serve, por que preciso, como isso muda a minha vida?

Apesar de não apenas falar, mas também mostrar de forma prática e bem didática, onde e como você pode fazer o uso da Inteligência Não Verbal, muitas pessoas ainda tem dúvidas sobre o tema.

Será que realmente preciso disso? Pra que aprender? O que ganho com isso? Vai mudar minha vida em que? Mas eu nem quero ser um profissional da área…

Bem, você só não sabe ainda ou não se deu conta do que está perdendo por não saber sobre Linguagem Corporal, pois como dizia Einsten: “Uma mente que se expande a uma nova ideia, jamais voltará a seu tamanho anterior.”

Inteligência Não Verbal em sua vida

Bem, vamos seguir primeiramente o principio de que você não vive em uma bolha, isolado de todo resto do mundo. Partindo desse princípio, você convive com outras pessoas, relaciona, compra, vende, fala, comunica. Linguagem Corporal é sobre pessoas, então se você é um humano, esse é o primeiro motivo pelo qual deve aprender sobre.

Tecnologias são feitas para dar mais qualidade de vida aos humanos, redes sociais são para os humanos, então, se tudo é feito para nós, precisamos entender que tudo se trata de proporcionar mais qualidade de vida para nós.

No seu relacionamento conjugal

Talvez você não seja casado, mas tem um relacionamento amoroso ou até mesmo casual. Sabe que a comunicação de má qualidade é o que desencadeia os maiores problemas em um relacionamento.

O quanto sua vida conjugal melhoraria, se você pudesse reconhecer através de Micro Expressões Faciais e na Linguagem Corporal do seu parceiro, emoções e intenções? Isso melhoraria sua vida?

Saber os sinais de interesse do seu parceiro, como também perceber sinais de que existe algo errado.

As vezes, imaginamos coisas onde elas não existem, porque desconfiamos com base em achismos. Se soubermos ler a outra pessoa, podemos ver quando nossas desconfianças são apenas frutos de nossa imaginação, como também saber se essa imaginação tem algum fundo de verdade.

A fonte mais confiável para detectar mentiras (incongruências emocionais) é através do nosso corpo. Nossa Linguagem Corporal faz grandes revelações sobre o que queremos esconder.

Já tive depoimentos de ambos os lados: Alunos que viram que tudo era uma questão de desconfianças sem fundamentos, de seus cônjuges, tanto homens quanto mulheres, como também de esposas e maridos que não sabiam que eram enganados e vieram a descobrir relações extra conjugais, após participarem de um treinamento comigo.

No relacionamento com seus filhos

Filhos nunca crescem, é o que pensa a grande parte dos pais. A preocupação muda de acordo com as fases da vida, mas elas na realidade nunca irão se ausentar por completo.

A fase mais preocupante para grande maioria dos pais, é a adolescência. Onde vai, com quem vai, que horas volta e, sabemos que nem sempre as respostas podem não ser as mais sinceras, pelo fato de que os filhos tem medo de serem repreendidos.

Através da Inteligência Não Verbal, é possível analisar comportamentos, detectar as emoções e sinais de congruências, por meio das Micro Expressões Faciais e da Linguagem Corporal do seu filho.

Muitos pais só se dão conta que há algo de errado com seus filhos, quando já estão envolvidos mais profundamente em situações que poderiam ser percebidas antes.

A adolescência muitas vezes é reflexo da infância. Crianças que sofrem abusos tendem a reprimir algumas informações por medo e na adolescência acabam externando aquilo que ficou guardado por muito tempo.

Os pais devem saber fazer a leitura das emoções de seus filhos e saber detectar quando há algo de errado.

Na sua vida profissional

Vou abordar aqui em pontos diferentes:

  1. Você desempregado
  2. Você empregado
  3. Você patrão

Você desempregado

Qual habilidade que te falta para ser contratado? O que você não tem, que se tivesse, seria contratado na hora? Difícil essas respostas não é mesmo? Mas vou te explicar o motivo:

Faculdade, Pós, Mestrado, pHD, Pós pHD não garante sucesso profissional de ninguém. Isso não diminui sua importância, mas não garante a sua relevância.

Conheço pessoas que são profissionais geniais em suas áreas de atuação, desenvolveram toda teoria, entendem tudo do conteúdo, mas não sabem lidar com pessoas. E como as pessoas são importantes nesse ponto?

Imagine um professor, ele sabe tudo de uma matéria, na qual você tem dificuldades de aprendizado. Se o professor for bom e souber passar o conteúdo, você passa a ter interesse em aprender sobre o assunto. Se ele for do tipo que sabe tudo, mas não sabe repassar o conteúdo, você logo toma aversão a ele.

Temos um artigo que mostramos como a Linguagem Corporal pode favorecer você em uma entrevista de emprego

Muitos profissionais com alta capacidade intelectual não crescem mais em suas carreiras pelo fato de estarem preocupados apenas com a parte lógica e teórica, quando na realidade deveriam estar focados em desenvolver a arte de “fazer amigos e influenciar pessoas.”

Pessoas abrem portas, e o seu conhecimento e habilidade intelectual te ajudam a permanecer nessas oportunidades que aparecem.

A Inteligência Não Verbal é uma inteligência que você pode e deve desenvolver. Sua percepção sobre pessoas aumentará de forma a se tornar diferenciado naquilo que você já faz.

Certa vez, um representante comercial de uma empresa líder no segmento de calçados, me disse que na sua posição, ele não precisa muito de fazer cursos sobre como lidar com pessoas, visto que tinha um cargo de destaque e a empresa era líder no segmento. Só que ele não esperava que a empresa na qual ele trabalhava, seria vendida e, com isso, ele teria duas opções, sair ou aceitar um cargo de menos prestígio, já que estava há muito tempo na empresa.

Você empregado

É incrível como ainda reina em 2018, a cultura do: “se é importante, que o patrão pague para eu fazer”. E o pior, profissionais com esse tipo de pensamento, são os que não crescem, atrapalham todo ecossistema da empresa. São tóxicos, não ajudam absolutamente em nada, só pensam em si próprios e geralmente são os primeiros a abandonar o barco quando as coisas ficam difíceis.

Fiz um diagnóstico em três empresas de áreas diferentes e, esse tipo de comportamento foi praticamente unânime. Dos 400 colaboradores analisados, mais de 70% que tinha esse tipo de pensamento, eram tidos por seus colegas, como os que deixavam o ambiente mais tóxico.

Eram pessoas que alimentavam inveja ou demonstravam ciúmes com mais frequência.

Profissional que tende a crescer é aquele que busca a se desenvolver e agregar soluções dentro do ambiente em que frequenta. Basta se colocar no lugar do dono da empresa, o que veremos no tópico a seguir.

Mas sua habilidade em relacionar com seus colegas de trabalho é o que te ajudará no desenvolvimento da sua liderança. Pessoas querem seguir aquele que é inspiração, exemplo. A melhor maneira de fazer isso é sabendo o que cada um, em sua individualidade, pensa, deseja e quer, e por meio do desenvolvimento da Linguagem Corporal, esse atributo é facilmente conquistado.

E não se trata apenas da sua relação com seus colegas de trabalho, mas de um contexto geral. Se for da área comercial ou que precisa estar em contato com clientes ou fornecedores, entra aí um agravante. Você precisa estar sempre 1 ou 2 passos à frente do seu cliente e do seu fornecedor.

Seja para negociar, influenciar na decisão de compra, no desconto que você está tentando conseguir do fornecedor ou do blefe do seu cliente.

Você patrão

Os lucros da sua empresa dependem boa parte da sua habilidade de ter uma percepção, não apenas do negócio em si, mas principalmente das pessoas que frequentam sua empresa, dos que vendem para você, daqueles que consomem seus produtos e serviços.

Linguagem Corporal no Recursos Humanos

Por onde entram os colaboradores da sua empresa? Se ela não tiver um departamento de Recursos Humanos, provavelmente você é o responsável por fazer contratações. Quando você pega um curriculum, sabe que existe uma grande probabilidade de ter em mãos um frango que quer parecer um pavão.

No curriculum se escreve o que quer, e mesmo que se prove que fez um curso ou algo, é no dia a dia, no desenrolar da carruagem que você sabe se a pessoa realmente entende ou não.

Temos um artigo sobre os famosos psicopatas corporativos

Se você não estiver ainda se atentado para possíveis “espiões” disfarçados de colaboradores, (é muito mais comum do que imagina) que entram no seu ambiente para saber como fazem, o que fazem, com que frequência fazem e utilizam isso a seu favor. Não que irão sabotar você, mas que irão copiar o que dá certo.

Não sei se é de se espantar ou preocupar, que em pleno 2018, a área de Recursos Humanos no Brasil é a que menos participa de cursos de Linguagem Corporal, Micro Expressões Faciais. Poucas empresas, e quando digo poucas, é porque são poucas mesmo, são as que buscam implantar soluções mais eficientes na hora de selecionar pessoas.

Um exemplo de empresa que introduziu esse tipo de abordagem é a Goldman Sachs Group, que ao fazer entrevistas de emprego, faz o uso da metodologia FACS para analisar coerências e incongruências dos seus candidatos na hora de fazer as contratações.

Temos um artigo onde explicamos o que é FACS

Daí você pode pensar: Ah, mas eles são um grupo forte, grande e internacional. Bem, eles não eram, se tornaram, e sabem da importância de manter o patrimônio resguardado, por esse motivo investem na Inteligência Não Verbal. Talvez não esteja nos seus planos crescer e ser internacional como a Goldman Sachs, mas também não está nos seus planos abrir falência, ficar com dívidas e ter funcionários que causam problemas ao invés de soluções.

De que adianta querer implantar plano de carreiras, liderança inspiradora, fazendo as contratações erradas? É gastar seu rico dinheiro ao invés de fazer investimentos.

Da mesma maneira que o RH é o responsável por quem entra na empresa, o comercial é o responsável por manter o RH empregado. Um comercial bem desenvolvido trará resultados.

Linguagem Corporal no comercial

O consumidor é seduzido a fazer uma compra por meio de diversas estratégias, outdoors, anúncios nas redes sociais, artigos, dentre outras estratégias que mostram como aquilo pode ser a solução para seus problemas. Tudo isso faz uso da Inteligência Não Verbal, recursos do Neuromarketing entre outras ferramentas, técnicas e ciências.

Não adianta de nada o cliente ver seu anúncio lindo e destacado em um outdoor, sendo que na hora de falar com você, sua comunicação e a habilidade de fazer a leitura da Linguagem Corporal e Micro Expressões não entram em ação.

Quem nunca se deparou com aquele cliente que entra na loja, pergunta, presta atenção e depois na hora de fechar, não conclui a compra e você se pergunta, o que há de errado? Talvez, se você soubesse ler as emoções desse cliente, certamente saberia onde está errando.

O fato de saber “ler” uma pessoa, não quer dizer que você estará imune aos erros, ou que irá acertar 100% das vezes, mas existe uma assertividade muito maior por meio daquele que sabe ler, do que aquele que não sabe.

Se você colocar um carro na mão de alguém que não faz a mínima ideia de como dirigir, as chances dele sair do lugar são pequenas, mas se ele conseguir sair, as chances de criar um acidente são grandes.

Não saber ler uma pessoa, pode fazer você não sair do lugar, e principalmente não compreender os motivos pelo qual você não avança nas negociações.

Para que suas negociações sejam bem consistentes, você precisa saber o que o outro pode estar “pensando”, e a Linguagem Corporal, juntamente com as Micro Expressões Faciais, te darão subsídios para saber quais as emoções que a outra pessoa está tendo ao falar com você.

Linguagem Corporal, será que vale a pena?

Essa é a pergunta que deixo para você. A decisão de ser melhor naquilo que você já faz, deve ser sua e de mais ninguém. Faça uma análise, coloque na balança, veja se você tem mais a ganhar do que a perder.

Diante dessa explanação feita aqui, creio que devo ter ajudado, esclarecido alguma dúvida, mas se ainda você tiver alguma, não hesite em me contactar, terei o maior prazer em te ajudar.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *