Todos os anos a Toastmaster International realiza conferências para eleger o melhor orador do mundo. Nesse ano, a disputa pelo título de melhor orador durou seis meses e teve mais de 30 mil pessoas disputando o tão sonhado título.

Dentre os critérios utilizados para o julgamento, estão:

  • estrutura do roteiro utilizado;
  • tema;
  • utilização adequada da entonação vocal;
  • utilização das palavras que mais se adequam;
  • utilização da Linguagem Corporal;
  • presença de palco
  • desenvoltura na comunicação

O melhor orador do mundo

No dia 26 de agosto, Manoj Vasudevan, um empresário indiano, consultor de gestão que reside em Singapura, foi eleito o melhor orador do mundo. Com o tema Pull Less, Bend More (em tradução livre, “puxe menos, empurre mais”)

Mesmo o vídeo original estando em inglês, e caso você não entenda o idioma, não se preocupe, veja a desenvoltura de Manoj Vasudevan no palco. Desde as pausas até sua performance, a maneira como ele fala e se posiciona diante do público.

Assista ao vídeo na íntegra

Ele imediatamente desarma o público

Manoj Vasudevan equilibrou seu discurso com humor e sinceridade o tempo todo. Ele sorri deliberadamente por 11″ segundos antes de começar a falar, e olha atentamente para a plateia. Essa técnica é uma maneira de demonstrar que é confiante e, um meio de criar empatia com as pessoas que o assistem.

Mensagem simples, clara e consistente

Ao iniciar sua fala, ele demonstra que seu roteiro foi elaborado mostrando um problema e a solução. Ele conta para o público sobre uma história que aprendeu com seu casamento.

Em seu discurso, ele demonstra abertamente para o público, deixando que suas “fraquezas” sejam expostas, que tinha uma auto imagem errada a seu respeito, achando que era perfeito.

Temos um artigo onde mostramos como você pode fazer apresentações impactantes

Vasudevan conta que foi falar com sua mãe e ela assegurou que esse problema era algo que os dois sofriam e que precisavam encontrar um ponto de flexibilidade, se quisessem continuar juntos.

Durante seu discurso utilizou metáforas para ilustrar a mensagem. Colocou sua mãe como um cupido na relação desgastante que tinha com sua esposa, mostrando o quão importante foi seu conselho.

Ele fala para uma pessoa e não para uma multidão

Vasudevan disse que durante seu discurso, busca conectar visualmente com uma pessoa de maneira aleatória, para que crie mais proximidade e se torne mais pessoal sua mensagem.

“estou olhando para alguém e conversando com ele. É uma grande audiência, mas continuo escolhendo uma pessoa aleatória que está interessada em me ouvir e eu olho para a pessoa”.

Ser o mais próximo possível do público, tratando o conteúdo como fosse para um e não para todos. Dessa maneira, quem ouve a mensagem tem maiores chances de se identificar com ela.

A Linguagem Corporal

Com uma performance corporal leve quando precisou ser leve, e dramatizada quando era necessário, Manoj Vasudevan utilizou toda sua Linguagem Corporal com perfeição em seu discurso, fazendo-a ser percebida como algo natural, que fazia parte dele.

Temos um artigo onde ensinamos como utilizar os gestos em suas apresentações

Fez o uso dos gestos ilustradores de forma que pudesse transmitir para o público a emoção que queria passar com a fala. Fez uso adequado da postura aberta, demonstrando confiança e domínio sobre o que dizia. Gesticulava dentro do time ideal, sempre fazendo o uso das mãos espalmadas, que é uma demonstração de sinceridade com o público.

Ao ilustrar o gesto de puxar a corda de um arco, ele ilustrou com precisão o movimento, como aquilo tivesse sido algo natural e não forçado.

A estrutura da Mensagem

Uma das coisas mais incríveis ao assistir a palestra de Vasudevan, é que em pouco mais de 7″ minutos ele conseguiu transmitir sua mensagem utilizando toda estrutura de um discurso perfeito.

Estrutura do discurso perfeito:

  • Mensagem / Slogam;
  • Tema central;
  • Mostra o problema, mas dá a solução;
  • Coadjuvante, alguém que contribui para o desenrolar da história;
  • Ato I – Apresenta o problema
  • Ato II – Mostra qual é a solução e como resolveu o problema
  • Ato III – Mostra o que acontece depois que o problema é resolvido.

Confira o infográfico abaixo:

Estrutura do Discurso Perfeito

 

Quem sabe você também pode se tornar o melhor orador do mundo? Separamos alguns livros para que você possa iniciar seu aprendizado.